Compartilhar:

O Procon de Campina Grande divulgou, na sexta-feira (14), a pesquisa de preços de Medicamentos referente ao mês de setembro/22. No estudo, a variação de valores cobrados nas farmácias e drogarias campinense para medicamentos de marca ou referência chega a 363,89% e de medicamentos genéricos ao percentual de 246,55%.

A pesquisa mensal comparativa de preço de medicamentos realizada pelo Procon-CG reúne 36 produtos mais usados pelo consumidor campinense, sendo 18 de marca e 18 genéricos. Desta vez o levantamento de preços ocorreu nos dias 23 e 28 de setembro em 22 estabelecimentos localizados em diferentes bairros da cidade.

As maiores diferenças de preço encontradas entre os medicamentos de marca no mês de setembro/22 foram: do Paracetamol de 750 mg, com 20 comprimidos, cuja variação de preço foi de 118,37%, onde o menor preço encontrado foi de R$ 18,45, o maior de R$ 40,29 e o preço médio de R$ 34,42; e da Losartana Potássica de 50 mg, com 30 comprimidos, cuja variação de preço foi de 363,89%, onde o menor preço encontrado foi de R$ 11,99, o maior de R$ 55,62 e o preço médio de R$ 26,00.

O estudo Procon-CG está disponível no site do órgão: https://procon.campinagrande.pb.gov.br/category/pesquisa-de-preco/2022/

Da redação com Ascom

Comentários


Os comentários aqui realizados não expressam a opinião do editor. Representam, tão somente, o exercício constitucional da liberdade de expressão sendo vedado o anonimato.