Compartilhar:

De janeiro a dezembro de 2022, foram realizados na Paraíba 310 transplantes de órgãos e tecidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS), conforme dados da Central de Transplantes do Estado. Foram 255 transplantes de córneas, três de coração, 29 de rim, 20 de fígado e três de medula óssea. O total é 5% maior que o registrado em 2021, quando foram somados 295 procedimentos.

O número de transplantes efetivados tem impactado diretamente na redução da lista de espera no Estado para o transplante de órgãos e de córneas: no comparativo entre 2021 e 2022, por exemplo, observa-se uma diminuição de 10,7% , passando de 503 pessoas na lista de espera em 2021 para 449 em 2022.

Os dados apontam ainda que, enquanto a lista de espera terminou 2021 com 295 pessoas aguardando uma córnea, quatro esperando um coração, 16 um fígado e 188 precisando de um rim, em 2022 a fila acabou o ano com 256 pessoas esperando uma córnea, duas aguardando um transplante cardíaco, 17esperando um fígado e 174 necessitando de um rim.

Na Paraíba, a doação pode ser de órgãos (coração, fígado e rim) ou de tecidos (córneas), e ocorre apenas por meio da autorização da família. Os órgãos doados são destinados a pacientes que aguardam em uma lista única, definida pela Central de Transplantes da Secretaria de Estado da Saúde, controlada pelo Sistema Nacional de Transplantes (SNT), e coordenado pelo Ministério da Saúde.

Da redação com Ascom

Comentários


Os comentários aqui realizados não expressam a opinião do editor. Representam, tão somente, o exercício constitucional da liberdade de expressão sendo vedado o anonimato.